Oktoberfest 2020: Alemanha anuncia o cancelamento

Maior festival de cerveja do mundo, que recebe cerca de 6 milhões de visitantes por ano, estava marcado para 19 de setembro a 4 de outubro


A Oktoberfest de 2020, planejada para ocorrer entre 19 de setembro a 4 de outubro, foi cancelada nesta terça-feira, 21, pelas autoridades da Bavária, na Alemanha, em razão da pandemia de coronavírus. Apesar de o país já ter iniciado um cauteloso afrouxamento das normas de isolamento social, a prefeitura de Munique e outras lideranças da região concordaram que realizar o maior festival de cerveja do mundo traria “riscos altos demais” de iniciar uma nova onda de contaminação. O festival de 210 anos atrai cerca de 6 milhões de participantes por ano, sendo um terço de estrangeiros, informou o chefe de governo bávaro, Markus Söder. “Viver com coronavírus significa viver com cuidado. Enquanto não houver vacinação, precisamos ser muito sensíveis. Estamos de acordo mútuo de que o risco é simplesmente alto demais”, disse.

O prefeito de Munique, Dieter Reiter admitiu que o cancelamento representa “um duro golpe” na economia local, sobretudo para as empresas que participam do festival. “É um dia muito triste para mim (…) Mas simplesmente não podemos tomar outra decisão que não seja essa”, lamentou. “Este é um momento emocional e economicamente difícil”, completou. A receita da Oktoberfest em 2019 foi de aproximadamente 1 bilhão de euros (cerca de 5,7 bilhões de reais).


A Alemanha iniciou na última segunda-feira 20 uma suspensão parcial das medidas de restrição e reabriu parte do comércio. Lojas com menos de 800 metros quadrados, além de concessionárias e livrarias, tiveram suas portas reabertas ao público, que, obrigatoriamente, deve utilizar máscaras faciais ao sair de casa. Barbearias e colégios devem voltar a funcionar a partir de 4 de maio, enquanto festivais e outros eventos públicos, como campeonatos esportivos, provavelmente ficarão banidos até o final de agosto. 


A chanceler Angela Merkel disse estar “muito preocupada” com um possível relaxamento da população, apesar dos bons resultados recentes. Segundo dados mais recentes da Universidade Johns Hopkins, a Alemanha tem mais de 147.000 casos registrados e cerca de 4.700 mortes. 



FONTE: VEJA MUNDO

0 visualização

PARCEIROS

delibeery-cervejas.png
drink-karma.png
american-beer.png
tesla-cervejaria.png
wiva-cerveja-artesanal.png
logo_campinas_cervejaria_2019.png
zev.png
bierinbox.jpeg

Mogi Guaçu - SP

CONTATO

ENDEREÇO

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco

SIGA A GENTE